Skip to content
VM Samael Aun Weor: Gnose Psicologia Alquimia Astrologia Meditação Cabala
Ai do homem que se identifica com a Mente, porque perde o Íntimo e vai parar no abismo
VOPUS | Gnose arrow Profecias arrow As profecias de Nostradamus

As profecias de Nostradamus

Imprimir E-mail
Por Estuardo E. Guzmán   

O FUTURO DA HUMANIDADE...

ESTUARDO E. GUZMÁN

Inclui entrevista exclusiva com

Dr. Samael Aun Weor

Nostradamus- Profecias

E os homens que virão depois de mim conhecerão a verdade do que digo, porque verão que infalivelmente se realizaram vários acontecimentos vaticinados por mim.

Também saberão os que ficam por cumprir, pois os indiquei com clareza.

Então as inteligências compreenderão sob o céu: mas só quando chegar o tempo de dissipar-se a ignorância o sentido das minhas predições será cada vez mais claro”.

Nostradamus, 1555.

As profecias de Nostradamus

Em 30 de novembro de 1979, DPA despachou a notícia intitulada “Nostradamus profetizou a Crise do Teerã”. A notícia informa da tremenda comoção que um documentário do famoso diretor Paul Drane provocou no público australiano. A apresentação do documentário que trata da vida do profeta do século XVI, Miguel de Nostradamus, e que inclui a profecia da invasão árabe à Europa, coincidiu com a tomada da embaixada dos Estados Unidos por estudantes iranianos, questão que ao mesmo tempo em que ocasionou a compra de todos os livros de Nostradamus na Austrália em um só dia parecia prometer a realização de uma profecia de 425 anos.

Já em 1939, pouco depois que a Alemanha ocupou a Europa, Goebbels, Ministro de propaganda de Hitler, fez reproduzir material falsificado, baseado em Nostradamus, para distribuí-lo na Europa. O serviço secreto inglês gastou 80.000 libras em contrapropaganda.

No prólogo da primeira edição de As Centúrias, o próprio autor assegura que em suas profecias está contido o futuro da humanidade e o seu fim.

Em seus enigmáticos versos aparecem importantes acontecimentos e personalidades incluindo as duas guerras mundiais, a destruição de Nova York, Paris, Roma, Londres e uma terceira guerra mundial... atômica

.

Nostradamus- Profecias

Capítulo I

AS PROFECIAS DE NOSTRADAMUS

Adaptação para a televisão

Miguel de Nostradamus, ilustre médico francês, nasceu em 1503, é considerado o maior vidente da história. Em 1555 foram editadas as primeiras de suas principais profecias, conhecidas como As Centúrias. Em sua própria época suas profecias começaram a cumprir-se com exatidão a tal grau que, por esta razão, foi nomeado médico e conselheiro do rei.

A primeira manifestação pública do seu dom profético aconteceu em uma aldeia perdida na campina de Ancona, Itália, quando se ajoelhou, com toda humildade, ante um pobre monge franciscano chamado Felice Peretti. Questionado por outros monges sobre sua estranha atitude, respondeu: “Não devo me ajoelhar em frente a sua Santidade?”. Dezenove anos após a morte de Nostradamus o mundo conheceria o pobre monge sob o nome de “Papa Sisto V”.

Muitos autores concordam que a profecia que na época elevou Nostradamus à fama foi a seguinte:

O leão jovem ao velho vencerá.
O campo bélico, por duelo singular.
Em jaula de ouro os olhos saltar-lhe-ão,
das forças em combate uma ficará,
a outra morrerá de morte cruel.

Quatro anos após haver sido publicada esta profecia, Enrique II, o leão, rei da França, morria entre terríveis dores por causa de uma estilha que, rompendo-se da lança do leão jovem, o conde de Montgomery, atravessou o capacete de ouro de sua majestade, perfurando-lhe um olho em um torneio amistoso. Contam que o rei amaldiçoou o profeta em seu leito de morte ao compreender então o alcance de sua profecia.

Criticou-se muito a linguagem obscura e enigmática que Nostradamus utiliza. No entanto, na Epístola a Enrique II, o vidente assegura que o fez deliberadamente “Os tempos exigem que tais eventos ocultos não sejam profetizados mais que de forma muito enigmática... Se quisesse, bem poderia fixar a data para cada quadra”.

Pese a esta obscuridade de suas quadras, segundo estudos, que 95% de suas profecias foram plenamente comprovadas.

A quadra que refere à Revolução Francesa, relacionada ao rei Luis XVI, parece mais o relato histórico de um testemunho ocular que uma profecia feita com 200 anos de antecipação:

Entrarão nas Tulherias onde quinhentos o coroarão
com uma mitra. Será traído por alguém com título (de nobreza)
de sobrenome Narbone e por outro chamado Saulce, que terá
azeite em barris.

Em 20 de julho de 1792, no palácio das Tulherias, 500 marselheses obrigam o rei Luis XVI a colocar o gorro frígio (mitra), símbolo revolucionário, como um deboche ao rei derrocado. O Conde de Narbone-Lara, ex-ministro de guerra, havia renunciado por não poder controlar o exército para trair o rei. O outro traidor, chamado Saulce, detém Luis XVI quando este tentava fugir para se reunir com tropas leais. Curiosamente, como Nostradamus indica, Saulce era vendedor de azeite, sebo e sabão.

No referente a personagens, unicamente mencionaremos dois exemplos, não obstante Nostradamus antecipa a existência de quase todos os reis da França. Cromwell e Carlos I. A morte de vários Papas, Napoleão Bonaparte, Hitler, De Gaulle, Mussolini, inclusive, segundo muitos, o assassinato de John F. Kennedy e outros personagens contemporâneas. Analisemos alguns versos soltos referentes a Napoleão:

Um imperador nascerá perto da Itália.
De simples soldado, chegará a Império.
Manterá o controle absoluto sobre a Igreja.
Nos catorze anos que mantiver o comando.

Napoleão nasceu na Ilha de Córsega, em frente ao Golfo de Gênova, Itália. De subtenente de artilharia chegou a Imperador. Controlou a Igreja. Bastará recordar que em 1809 mandou aprisionar o Papa para anular o seu casamento com Josefina.

O “Testa Rapada”, como o chama Nostradamus provavelmente porque nunca utilizou a longa peruca usual dos reis franceses, reinou de 9 de novembro de 1799 até 6 de abril de 1814 - 14 anos exatos.

O médico vidente profetizou também suas principais campanhas, sua derrota na Rússia e seu exílio na ilha de Elba.

Outra profecia igualmente surpreendente é a que anuncia o causador da 2ª guerra mundial: Adolfo Hitler. Analisemos a quadra em que dá o próprio nome do fuehrer:

A Liberdade não será recobrada.
Um ousado, negro, orgulhoso e iníquo homem a ocupará.
Quando o material da ponte estiver acabado,
a República de Veneza será molestada por Hister.

Adolf Hitler (Nostradamus)

A palavra Hister, de acordo às leis do anagrama (nome próprio com letras readaptadas, muito popular no tempo de Nostradamus), é, na verdade, Hitler, com uma letra trocada. Hister é também um nome antiguíssimo do Danúbio e, em último caso, é uma referência à histeria, característica famosa do obscuro e ousado homem que ocuparia o poder alemão. Este triplo propósito da palavra Hister explica-se facilmente, já que em 21 de fevereiro de 1941, o “New York Herald Tribune” publicava: de Sofia, Bulgária, informam-nos da Ponte Nazista sobre o Danúbio.

Um mês depois que a ponte ficou pronta, as forças de Hitler infiltravam na Itália.

Nostradamus profetiza importantes inventos e descobertas. O submarino é para o vidente um peixe de ferro do qual saem pessoas para fazer a guerra e fala até da frota destes.

Antecipa-se a Julio Verne quanto ao avião:

As pessoas viajarão com segurança através do céu, terra, mar e onda.

E em outra quadra:

Estarão em guerra com o controle das nuvens.

O fracasso da Sociedade das Nações, nascida em 1919, Hitler, o ataque a Polônia, a ocupação da França, a queda de Mussolini, da Alemanha e Japão são só alguns dos acontecimentos da segunda guerra mundial descritos nas Centúrias. Ao final destes, em linguagem dramática, Nostradamus cita um dos mais trágicos acontecimentos da nossa história: a bomba atômica lançada em Hiroshima e Nagasaki, que deixou um saldo aproximadamente de 100.000 mortos dos quais, só em Hiroshima, 20.000 dos 71.000 desaparecidos eram crianças:

No Sol Nascente se verá um grande fogo.
No círculo da explosão reinará a morte e se escutarão os gritos.
Esta morte será por guerra, por fogo e por fome.

A queda de Shá Rheza Palevi, notícia de grande atualidade que segue ocupando manchetes na imprensa mundial, é advertida na seguinte quadra que separamos em duas:

A chuva, a fome e a guerra não cessarão na Pérsia.

Demasiada fé trairá o monarca.

Pérsia é o atual Irã e é do domínio público que a revolução que derrocou o Shá foi uma revolução conduzida e consumada por líderes religiosos, famosos por sua demasiada fé.

Estas ações começarão na França e terminarão ali.
Um símbolo secreto que não se deve cercear.

O princípio do terceiro verso, que se refere às ações revolucionárias que começaram na França, pode parecer obscuro se não se leva em conta que o condutor e ideólogo da revolução Iraniana, Ayatollah Khomeini, encontrava-se no exílio em Paris, e que foi dali, na França, que lançou os seus escritos, consignas e instruções para a revolta que provocou a queda de Shá. O resto da quadra ainda não aconteceu e esperamos, portanto, que as ações terminem na França e saia à luz o símbolo secreto que, segundo o vidente, não se deve cercear. 

Nostradamus profetizou o futuro da humanidade atual e a seguir apresentamos ditas predições tal como as aprovam os seus mais famosos estudiosos.

Sintetizando, a maior parte dos autores investigados concorda que Nostradamus prediz uma terrível guerra de 27 anos de duração, na qual lutarão duas grandes potências.

Quanto à invasão árabe na Europa, lemos:

Na Arábia nascerá um poderoso rei da lei de Maomé, que
dominará a Europa e a Itália.
Pela discórdia negligência francesa que dará passagem a
Mahomed (os árabes) aberto.

Explosão Atômica (Nostradamus)

Um dos mais importantes dados que proporciona o vidente é a descrição de armas capazes de destruir uma cidade inteira.

Se analisarmos com atenção, o efeito da descrição coincide com a explosão de uma bomba atômica:

Será encerrado fogo vivo, morte escondida,
dentro de balões espantosamente horríveis.
À noite a cidade naval será reduzida a pó.
A cidade em chamas, o inimigo indulgente.

Em outra quadra se lê:

Sha Rheza Palevi

"A chuva, a fome e a guerra não cessarão na Pérsia. Demasiada fé trairá o monarca".

Ayatollah Khomeini

"Estas ações começarão na França e terminarão ali. Um signo secreto que não se deve cercear."

Pelo calor do sol vindo do mar.
Os peixes do Negroponte meio cozidos.
Chuvas, gelatinas farão terras iníquas.

Nostradamus proporciona um dado que nos permite formar uma idéia quanto à terceira guerra mundial: o vidente afirma que quando um cometa ou centelha de longa cauda for visível no céu, a guerra estará em seu apogeu.

As horríveis consequências de um combate nuclear, acompanhadas de desastres naturais ocasionados pela aproximação de um planeta gigantesco do qual falaremos adiante, provocarão, segundo o profeta, a destruição das maiores cidades do mundo.

Entre outras, Nostradamus cita:

ROMA:

Será invadida e terminará em gigantesco maremoto:
Oh, vasta Roma, tua ruína se aproxima.
Teu mal está próximo.
Serás cativa por mais de quatro vezes.
Choro pela Itália. Será destruída por um terremoto e por bombas:
O fogo do centro da terra...
a fará tremer.
Enquanto duas potências fazem a guerra
por longo tempo.
O céu arderá a 45 graus.
O fogo aproxima-se...
a grande chama saltará instantaneamente.

PARÍS:

Por ferro, fogo, peste, canhão, as pessoas morrerão...
a grande cidade ficará muito desolada,
e não ficará nem um dos seus habitantes...
Haverá tremor de terra, água, desgraçada conta,
não haverá lugar onde refugiar-se,
à metade da península a onda chegará.

A quadra referente à Inglaterra poderia interpretar-se como um grande maremoto que a afundará antes de começar a guerra.

A Grã Bretanha, incluída a Inglaterra, será invadida muito
alto pelas águas...

A Ilha de São Jorge meio submergida...
Paz adormecida, despertará a guerra
.

Os efeitos calamitosos na guerra trarão pestes e fomes:

A grande fome que sinto acercar-se
rodará amiúde e depois será universal.
Tão grande e longa que chegará a arrancar

do bosque a raiz e a criança do peito.

Os desastres naturais que acompanharão a terceira guerra mundial serão consequências, segundo o prestigiado investigador contemporâneo Samael Aun Weor, fundador da Associação Gnóstica de Estudos de Antropologia e Científicos Internacionais, da aproximação de um planeta gigantesco seis vezes maior que Júpiter chamado Hercólubus. O Dr. Samael Aun Weor cita Nostradamus:

Um astro longo tempo afundado nas profundas trevas.
De cor de ferro oxidado.
Virá escurecer a lua,
À que ferirá com chaga sangrenta.

Nostradamus dá a data da vinda do planeta:

O ano 1999, sete meses,
virá do céu um grande rei do horror...
Quando o eclipse do sol for
o monstro será visto em pleno dia.
De errônea forma será interpretado
Infelizmente ninguém terá previsto.
A grande estrela durante sete dias arderá,
nublado parecerá que há dois sóis.

Em outra quadra é anunciada uma maior aproximação do planeta:

O sol oculto, eclipsado por Mercúrio,
só será um elemento secundário no céu.

Nostradamus nos dá uma chave astronômica: só há 12 eclipses do sol em um século, ocasionados pelo planeta Mercúrio. Um deles será em 24 de novembro de 1999, questão que coincide claramente com suas profecias.

A aproximação do planeta produzirá graves alterações: terremotos, maremotos e a inclinação dos eixos da terra pelo que Nostradamus não vacila em anunciar um Grande Incêndio Universal :

...e cairão do céu abundantes pedras incandescentes.
E um fogo vivo devorador,

de maneira que não ficará nada
que não seja consumido
.

Tal incêndio é, por outra parte, preconizado pela maioria das escrituras sagradas do mundo:

No capítulo 2, versículo 3-10, São Pedro diz:

O dia do Senhor virá como ladrão na noite,
no qual os céus passarão com grande estrondo,
e os elementos ardendo se desfarão, e a terra
e todas as obras que nela há queimarão.

E no Chilam Balam, livro maia:

O Sol volteará, volteará o rosto da Lua,
descerá o sangue pelas árvores e pelas pedras,
arderão os céus e a terra
.

E as sibilas romanas:

O fogo consumirá toda a raça humana,
todas as cidades, os rios e o mar. Abrasará tudo
e reduzirá o mundo a um pó negro.

“Será encerrado fuego vivo, muerte escondida,
dentro de globos espantosamente horribles...”

ENTREVISTA AO DR. SAMAEL AUN WEOR

Miguel de Nostradamus- Profecias:  Cromwell, Napoleón Bonaparte, Hitler, De Gaulle, Mussolini, John F. Kennedy

Numa entrevista especial para a televisão, o Dr. Samael Aun Weor, autoridade mundial, expressou a respeito de Nostradamus e suas profecias:

-... Acontece que Miguel de Nostradamus foi um grande médico-astrônomo da Idade Média. Educou-se na sabedoria dos egípcios. Dizem que passava as noites inteiras olhando fixamente e sem piscar a água contida em um recipiente de cobre. Alguns afirmam que nessa água lúcida ele pôde ver com inteira clareza meridiana os acontecimentos do futuro. Assim, Miguel de Nostradamus foi um grande vidente, isso ninguém pode negar. Até hoje, todas as profecias que Miguel de Nostradamus fez se cumpriram matematicamente.

- Que pode dizer-nos a respeito da terceira guerra mundial?

- Miguel de Nostradamus profetizou a primeira, a segunda e também a terceira. Grandes sábios do passado já tinham prognosticado três guerras mundiais para o presente século. A pior vai ser a que vem, a terceira, será um verdadeiro holocausto atômico, espantoso. Desaparecerão as grandes cidades do mundo com as explosões nucleares. O mais grave de tudo é a contaminação radioativa. Com a terceira guerra mundial se contaminará a atmosfera de forma espantosa. A radioatividade infetará completamente o ar, as águas e, em geral, tudo o que existe. As chuvas, por exemplo, que teremos, serão radioativas. As colheitas se perderão. E se perderão simplesmente porque ninguém poderá utilizá-las, isso é tudo. Isso de ter que comer alimentos contaminados pela radioatividade é gravíssimo. Mas acontecerá assim.

Não há dúvida de que esta terceira guerra mundial está muito próxima. Por outro lado, nestes tempos há fome e desolação, miséria horrível, crise de valores, etc. Tudo isto vai aproximando-nos, pouco a pouco, da terceira guerra mundial.

Inquestionavelmente, cada um de nós carrega dentro de si os fatores que produzem guerras: egoísmo, ódio, etc., etc., etc.

Nostradamus- Profecias
AddThis Social Bookmark Button
 
< Profetas e adivinhos   São Malaquias e suas Profecias >

Conhecimento Universal

Ciência
Arte
Filosofia
Mística/Religião